Voluntário da Moldávia ensina Boxe na aldeia de Chãos

Faltam 15 minutos para mais uma aula de boxe na aldeia de Chãos. O relógio caminha para as 20h00 e na Associação de Melhoramentos de Chãos já estão os três voluntários estrangeiros que desde Setembro vivem na pequena localidade da freguesia de Alcobertas, concelho de Rio Maior. A pontualidade é uma característica que prezam.

O coordenador do projecto e das actividades dos voluntários é o vice-presidente da direcção do Rancho Folclórico de Chãos. Diogo Frazão, 29 anos, é o primeiro a chegar e começa dizer que os alunos dessa modalidade pouco praticada por estas paragens variam entre os quatro e os dez elementos. “Depende da sazonalidade, houve quem arranjasse emprego, como um camionista que não pôde seguir com as aulas, por exemplo, e uma mulher que engravidou”, refere.

Marat Turgunov é o treinador das aulas de boxe que começaram em Novembro. O moldavo de 30 anos tem dez como treinador de boxe e seis como profissional no seu país. À sessão a que O MIRANTE assistiu comparecem quatro alunos para além de um dos voluntários e de Diogo Frazão. Maria Frazão, 18 anos, e Diogo Costa, 19, ambos de Chãos, começaram a vir há poucas semanas com o objectivo de conhecer a modalidade e para melhorarem a sua auto-defesa. “Assim não fico em casa em frente à televisão e ao computador”, aponta Diogo, enquanto Maria diz ter sido motivada pela família.

Fonte: http://omirante.pt/

Esta entrada foi publicada em Uncategorized e marcada com a tag , , , , , , , , , . Adicione o link permanente aos seus favoritos.