Pacquiao sobre o combate com Broner: “Eu não duvido que a luta será complicada”


Foto: Amanda Westcott/SHOWTIME





“Eu sou uma lenda e eu posso lutar contra qualquer um”, disse Manny Pacquiao, quase 40 anos na segunda-feira em Nova York, onde ele estava com Adrien Broner na formalização do processo vai realizar no dia 19 de janeiro, no MGM Grand Arena de Las Vegas, Nevada, EUA.
O primeiro confronto promocional ocorreu na segunda-feira no Gotham Hall, em Manhattan. A luta será transmitida no PPV no Showtime e será promovida pelo Campeonato de Boxe Premier, MP Promotions e Mayweather Promotions.



Pacquiao, o único campeão vivo em oito divisões, chegou à conferência com um terno cinza, muito elegante, e Broner, que vende sua aparência de garoto rebelde, chegou muito de acordo com sua personalidade, com roupas casuais.
“Eu vim falar com Floyd Mayweather no Japão e, em seguida, surgiu a possibilidade da luta com Broner, que é um grande boxeador”, disse Pacquiao.

“Eu não posso subestimá-lo. É rápido e poderoso. Não duvido que a luta seja complicada. Eu posso lutar com 140, 142, 147 libras … Eu sou uma lenda e eu posso lutar com quem eu quiser “, acrescentou” Pac-Man “, que retorna para lutar nos EUA depois de dois anos de ausência.
As palavras do senador não gostaram de Broner, que estava um pouco chateado que Pacquiao falou primeiro de Floyd e depois dele.



“Esqueça Floyd, irmão, ele já ganhou você”, ele lembrou “The Problem” para “Pac-Man”. “Essa luta é contra mim. Primeiro você tem que me bater, não fale sobre uma revanche com Mayweather ainda. ”
Broner, 29, ficou um pouco engraçado ao dizer que Pacquiao serviu para cantar canções de Natal, no entanto, no final, ele reconheceu a grandeza do filipino. “Eu falo um monte de lixo, mas Pacquiao fez coisas espetaculares de sua carreira, e eu sei que em 19 de janeiro mostram que eu tenho para assegurar que esse lixo não acabe em minha cara.”
Esta será a primeira grande luta de 2019, e terá welterweight título estacas mundo Associação Mundial de Boxe (WBA) na primeira defesa de Pacquiao, que tirou o argentino Lucas Matthysse em combate realizado em julho passado 15 em Kuala Lumpur, Malásia.

Fonte: http://www.wbaboxing.com/es/noticias-de-boxeo/pacquiao-de-cara-a-batalla-con-broner-no-dudo-que-la-pelea-sera-complicada



Esta entrada foi publicada em Uncategorized. Adicione o link permanente aos seus favoritos.