Um Clube de Boxe que ajuda as pessoas a manter a forma e conhecer Deus


O Reverendo David Harrigan lidera a The Good Shepherd Boxing Community.
Foto: Jonny Baker/CMS

Um Clube de Boxe com início em uma igreja em Essex foi contratado como uma nova comunidade de louvor pela diocese de Chelmsford.
É uma das primeiras no que a diocese espera que seja uma onda de novas comunidades alternativas que alcançam membros da comunidade que talvez nunca participem de um culto tradicional da igreja.

Quando começou na Igreja do Bom Pastor, quatro anos atrás, apenas um punhado de pessoas compareceu às primeiras sessões, mas a notícia se espalhou rapidamente e o número de membros aumentou.
Não cresceu apenas em tamanho; também cresceu espiritualmente, quando os membros formaram amizades e começaram a explorar a oração e o culto juntos.




“Através da oração e das amizades, algo mudou. Pessoas que não conhecíamos começaram a chegar, estavam compartilhando vida e interesses, inspirando e encorajando umas às outras”, disse Harrigan.

“Passamos de uma sessão de boxe na quinta-feira para uma comunidade de pessoas que se cuidam”.

O clube de boxe, que acaba de ser contratado como comunidade de adoração pelo bispo de Chelmsford, o Rev. Stephen Cottrell, evoluiu para um centro onde os membros da comunidade local podem entrar em forma e se divertir, mas também encontram Deus.
Para muitas pessoas que estão chegando, é a primeira vez que encontram Deus.



“Nós exploramos muitos estilos diferentes de adoração, desde o curry na Quinta-feira Santa até a oração noturna dentro do ringue de boxe. O grupo se estende além do boxe até a vida, o compartilhamento e as conversas sobre fé e vida”, disse Harrigan.

Geovana Peres, brasileira Campeã Mundial de Boxe pela WBO

Jon Wood não lutava há 15 anos quando começou a aparecer. Ele aprecia o aspecto espiritual do clube.
“Há um grupo diversificado de pessoas que participam dessas sessões, mas, diferentemente de qualquer outra academia, existe um lado espiritual. Seja você um crente ou não, o debate filosófico e a exploração espiritual acrescentam uma dimensão maravilhosa à experiência”, disse ele.
Connor Boot, 22, disse: “A primeira vez que cheguei foi esmagadora, mas com certeza me deixou mais interessado no cristianismo e quero me envolver mais. É muito mais do que apenas um clube de boxe. É a melhor coisa que já aconteceu com mim.”
Outro membro, Eden Black, disse que o clube tinha um ambiente acolhedor e se preocupava com o bem-estar físico e espiritual dos que estavam chegando.

“Cada classe é sustentada pelos valores da igreja e não é de todo pregadora”, disse ele.

“Em um mundo em que estar ocupado reduziu nossa capacidade de focar no que deveria ser importante na vida, essa aula é um lembrete de que reservar um tempo para nutrir o corpo e a alma pode fazer maravilhas”.

Fonte: https://christiantoday.com/article/a-boxing-club-thats-helping-people-keep-fit-and-meet-god/133346.htm

Esta entrada foi publicada em Uncategorized. Adicione o link permanente aos seus favoritos.